TUDO SOBRE CANELA

VEJA INFORMAÇÕES DA CIDADE

   
   
   
CONHEÇA
+ SOBRE
Canela
   


39.229

Habitantes

SERRA GAÚCHA

Localização

126 Km

Até Porto Alegre (Capital)
- CIDADE DE CANELA -

O primeiro morador do território foi Joaquim da Silva Esteves, o qual obteve em 1821 da Coroa o título de "Senhor do Campestre do Canela".
O nome da cidade provém de uma árvore, chamada de Canela, então localizada não longe do local onde está atualmente a praça central da cidade, a Praça João Corrêa, esta caneleira servia de ponto de encontro e pousada de tropeiros.
João Correa
O Coronel João Corrêa Ferreira da Silva foi o desbravador do povoado, construiu uma estrada de ferro, iniciando a obra por volta de 1913 sendo esta concluída em 1925, ligando Canela a Taquara. Em 1913, foi criada a "Companhia Florestal Riograndense", esta Companhia comprava pinheiros e terras nas redondezas do Caracol. Para exploração desses pinheiros foram instaladas cinco serrarias. Foi contratado por esta Companhia o Sr. Helmut Schmitt, prático em locação de estradas e instalações de serrarias, e por conta da Companhia Florestal, este mandou construir diversas estradas, desde a localidade do Caracol até o Banhado Grande, Esteinho, Ferradura, Tubiana, etc.
Primeiro carregamento de madeira para exportação em 1949
Em 02 de março de 1926, Canela foi catalogada pelo Ato nº 309 como 6º Distrito de Taquara, tendo por sede Canela. O movimento emancipacionista tomou maior vulto a partir de 1942. Em 28 de dezembro de 1944, pela Lei Estadual nº 717, foi criado o município de Canela, tendo sido instalado a 01 de janeiro de 1945, sendo nomeado como primeiro prefeito o Sr. Nelson Schneider.

O TURISMO EM CANELA

Canela era um pequeno povoado, congregando famílias de fazendeiros de Cima da Serra, imigrantes alemães e italianos e seus descendentes. Havia um início de atividades na Indústria, com a implantação de serrarias. Canela era passagem obrigatória para as cidades de Cima da Serra com a capital do Estado. Passavam por Canela, tropeiros levando gado, queijo e couro com destino a Parobé, Taquara, São Leopoldo e Porto Alegre. Subiam a Serra, os mascates para colocarem seus produtos nas fazendas de Cima da Serra. Era o início do movimento turístico em Canela.
Com a industrialização da madeira, surgem os primeiros hotéis na localidade de Caracol, que atraem clientela da Capital do Estado. Com o crescimento industrial floresce o comércio, e como conseqüência o movimento de pessoas. Houve necessidade de criação de pensões e hotéis (denominados naquele tempo de "Casas de Pasto") para atender a demanda. A construção da Linha Férrea que ligava Canela a Porto Alegre foi o fator determinante para que Canela se constituísse na época no maior centro de turismo do Estado. Naquele tempo, o movimento turístico era denominado "veraneio". As famílias vinham principalmente de Porto Alegre e permaneciam num determinado hotel por períodos de um a três meses. Para atender essa demanda, surgiram o Grande Hotel, Hotel Bela Vista, Hotel Central e Palace Hotel. Em 1944, funciona um Cassino em Canela, em prédio provisório. Com o funcionamento do jogo são atraídos para Canela turistas de grandes centros do país, como São Paulo e Rio de Janeiro, e do exterior, Uruguai e Argentina. Os hotéis mantêm lotação permanente. Há fortalecimento do comércio.
Emancipa-se o município, e os dirigentes municipais voltam as suas preocupações para equipar o município com uma estrutura turística para receber os visitantes. Surgem os eventos e festividades para dar ao turista maior opção e lazer durante o seu "veraneio".
No decorrer de 1945, o Governo Federal proíbe o jogo no Brasil, o que significou um golpe fatal para o município de Canela, que tinha a sua estrutura turística em função do jogo.
O fato da cidade estar localizada em uma área de serra lindíssima, rodeada de pinheiros, matas e parques, que sobreviveram ao desmatamento, tornou o turismo a tendência natural de Canela. Somava-se, ainda, a esse cenário o espetáculo da neve, que atraia pessoas dos mais diversos lugares desse Brasil tropical.
As baixas temperaturas estimulavam que as lareiras e fogões a lenha das casas permanecessem acesos, impregnando o ar com aromas diversos de madeira, lenhas de pinho, eucalipto, e a própria Canela... Mas não eram somente as belezas naturais e o clima os fatores de sedução para as pessoas.
A cidade oferecia e ainda oferece aos turistas bons hotéis, restaurantes, churrascarias e os famosos cafés coloniais, com biscoitos waffles, schmiers, apfelstrudell e no inverno... tempo para o delicioso chocolate quente e licores caseiros. A população de Canela sempre teve uma preocupação no seu desenvolvimento cultural. A música, a gastronomia, o teatro foram capacitações desenvolvidas em várias gerações de imigrantes, que vivenciavam suas tradições em diferentes formas de comunicação. Estas eram as heranças européias da Cidade. O seu diferencial no cenário do Brasil.
E assim, Canela veio exercendo grande fascínio sobre seus visitantes,tornando-se um dos mais importantes municípios no contexto turístico e cultural da Região das Hortênsias. A indústria do Turismo é fascinante, mas, também, bastante competitiva. Canela trilhou um longo caminho para chegar até aqui. E já tem uma história vitoriosa em seu meio século de vida.
Só no ano de 1999,o turismo na região cresceu 60% , enquanto que no Brasil como um todo, o incremento foi de apenas 10%.
A cidade conseguiu desconcentrar o fluxo - anteriormente centrado no inverno - e hoje já tem um grande percentual de visitantes durante o mês de dezembro, em função do evento Sonho de Natal e da Temporada de Verão.
Uma cidade que redescobriu seu rumo. Uma comunidade onde os cidadãos usaram o seu talento e espírito de união para crescer e juntos criarem uma qualidade de vida ímpar em nosso país.
Texto e fotografias extraídas do livro "Canela por muitas Razões" de Antônio Olmiro dos Reis, Pedro Oliveira e Marcelo Wasem Veeck Fonte: www.canela.rs.gov.br/

   

ENCONTRE AQUI
HOTÉIS E POUSADAS

CONHEÇA AS MELHORES OPÇÕES

PARA CURTIR O MELHOR DO SEU PASSEIO

   

VOOS PANORâMICOS

   
   
a partir de

R$

45,00

   

BUSTOUR - ÔNIBUS TURíSTICO CANELA E GRAMADO

   
   
a partir de

R$

59,00

   

INGRESSOS NATAL LUZ

   
   
a partir de

R$

59,00

   

TOUR GRAMADO E CANELA

   
   
a partir de

R$

65,00

   

TOUR MUSEUS

   
   
a partir de

R$

85,00

   

BUSTOUR COM INGRESSO DO TERRA MáGICA FLORYBAL

   
   
a partir de

R$

107,00

   

TOUR CERVEJARIAS DA SERRA

   
   
a partir de

R$

109,00

   

CITY TOUR CANELA

   
   
a partir de

R$

110,00

   
   
CONFIRA AQUI OS
PARQUES E ATRAÇÕES
CONHEÇA TAMBÉM AS CIDADES
CONTATO
Rua Inácio de Morais, 257 - Canela/RS
Fone: 54-981128424 WhatsApp | 54- 32827122
comercial@meuguia.tur.br
    
VOLTAR AO TOPO
SIGA-NOS
INSCREVA-SE
   
   
   ©MEU GUIA TUR | 2016 | Todos os Direitos Reservados | Site desenvolvido por Everline